NiTfm live

Gourmet e Vinhos

Se é vegan, deve sempre olhar para o rótulo da garrafa de vinho antes de beber

Em causa está o processo de clarificação que a bebida sofre, após a fermentação, em que são utilizados produtos de origem animal.
Atenção vegans.

O estilo de vida vegan assenta na recusa do consumo de todos os alimentos e produtos de origem animal, incluindo no seu processo. Os vegan não consomem alimentos de origem animal, não utilizam roupa feita de lã ou pele, não usam produtos que tenham sido fabricado com cera de abelha, nem mesmo maquilhagem, sobretudo se for vermelha, como é o exemplo de vários batons feitos a partir do pigmento extraído dos insetos cochonilha.

No entanto, há um produto que provavelmente nunca pensou que não é vegan. Falamos do vinho. Nos últimos dois anos começaram a ser introduzidos nos rótulos de algumas garrafas de vinho a identificação de produto vegan. Mas se esta bebida é feita a partir de um processo simples de fermentação de uvas, afinal porque é que a maioria das referências disponíveis no mercado não podem ser considerada vegan?

“Uma das etapas que envolve a vinificação de um vinho é o processo de clarificação — que, basicamente, consiste na separação das partículas sólidas (o mosto) que ainda persistem a fim de clarificar/filtrar o líquido — normalmente recorre-se, por exemplo, à adição de gelatinas de origem animal (como, por exemplo a de porco) à cola de peixe ou à clara de ovo para que este processo ocorra mais rapidamente”, pode-se ler na revista especializada “Revista de Vinhos”.

Esses aditivos funcionam como um íman para os componentes sólidos que restaram da fermentação, e que depois são retirados. Mas se quer consumir um vinho que não tenha tido de forma alguma contacto com componentes animais, saiba que existem vinhos verdadeiramente vegans.

No tal processo de clarificação, há alternativas que certas marcas já utilizam. Pode ser “pedra calcária, caulino e ‘kieslguhr’ (argilas), caseína de plantas, gel de sílica e placas vegetais”, conforme explica o Centro Vegetariano.

As garrafas de vinho que são vegan contêm um símbolo com a palavra “Vegan” no rótulo. Essa nomeação é sempre autenticada pela Vegan Society, uma organização internacional responsável pelo fornecimento de orientação e informação relacionadas com o estilo de vida e produtos vegan.

Saiba que também os vinhos kosher (que obedecem à lei judaica) também são feitos sem agentes clarificantes de origem animal.

Carregue na galeria para descobrir alguns vinhos vegan que se encontram no mercado.