NiTfm live

Gourmet e Vinhos

O passeio de barco com prova de vinhos que vai até uma aldeia piscatória no Tejo

O passeio realiza-se no sábado, 31 de agosto, e tem a duração de duas horas. As inscrições já estão abertas.
O ponto de encontro é na Aldeia do Escaroupim.

A sete quilómetros de Salvaterra de Magos fica uma aldeia piscatória formada nos anos 30, onde as famílias a que Alves Redol chamou de “nómadas do rio” se deslocavam nos meses frios para a pesca de inverno. A aldeia do Escaroupim situa-se num mouchão do Rio Tejo e serve como ponto de partida para um passeio de barco que se vai realizar a 31 de agosto (sábado) e que passa por vários pontos com paisagens imperdíveis. 

A viagem pretende dar a conhecer os mouchões do rio, passando pelo casario de Aldeias Avieiras, Aldeia da Palhota, Ilha dos Amores, Mouchão dos Cavalos e terminando no ponto de partida. Ao longo do passeio serão avistadas colónias de garças e ibis (uma espécie de pássaro semelhante às garças).

Um dos grandes destaques do passeio vai para a Aldeia da Palhota, uma terra típica de pescadores construída com habitações de madeira e conhecida por ter servido de casa ao escritor Alves Redol.

No fim, haverá uma prova de vinhos — com um branco, um tinto e um licoroso — produzidos na Adega dos Alcanhões, na região do Ribatejo. 

A partida está marcada para as 16 horas e a duração do passeio é de cerca de duas horas. As inscrições podem ser feitas através da página da Caminhando e têm o custo de 20€ por pessoa (inclui seguro, guia e acompanhamento). 

As paisagens da viagem.