NiTfm live

gourmet e vinhos

Na Alemanha, os funcionários da McDonald’s vão trabalhar no Aldi

As duas empresas estão a partilhar funcionários para ajudar na reposição de produtos nos vários supermercados.
Os supermercados estão a precisar de ajuda na reposição.

Apesar de haver restaurantes da McDonald’s fechados ou com redução de horários na Alemanha, isso não significa que os funcionários estejam sem trabalho. Muitos colaboradores da cadeia de fast food vão começar a trabalhar na reposição dos supermercados do Aldi. Esta foi uma parceria criada pelas duas empresas.

Com o surto de Covid-19 no país e com vários espaços fechados, o objetivo foi fazer com os funcionários da McDonald’s não percam o emprego, ao mesmo tempo que ajudam um setor que está a ser bastante procurado pelos consumidores, relativo aos bens de primeira necessidade.

“Os nossos funcionários podem, se quiserem, permanecer empregados. Ao mesmo tempo, o Aldi beneficia de recursos adicionais. E isso garante que o Aldi possa agir completamente mesmo durante a crise”, explicou Holger Beeck, CEO da McDonald’s na Alemanha, ao “Winsight Grocery Business”.

Estamos muito satisfeitos por receber o apoio da McDonald’s na Alemanha de maneira tão simples. Em vendas e logística, em particular, os nossos funcionários trabalham incansavelmente para lidar com a elevada procura e garantir que não faltem alimentos”, explicou à mesma publicação Stefan Kopp, porta-voz do conselho de administração do Aldi.

Esta medida de reforço de empregados por parte de outra empresa também se tem verificado nos Estados Unidos — se bem que numa escala mais pequena em espaços de Miami. Já a Walmart garante também que está a reforçar equipas dos vários supermercados no país.