NiTfm live

Gourmet e Vinhos

Mesas Bohemia: a espetada madeirense do Kampo está a caminho de Lisboa

O famoso restaurante vai levar os sabores da Madeira até Lisboa com um menu bem especial.
Que bom aspeto.

O leitão da bairrada já viajou até Lisboa e o entrecosto alentejano com migas de tomate e farinheira foi para o Porto. Desde 2017 que o projeto “Mesas Bohemia” celebra a cozinha e a cerveja portuguesa da melhor maneira: à mesa. E tem sido um verdadeiro sucesso — 15 restaurantes de diferentes regiões já participaram nesta troca de cidades durante alguns dias. 

O Kampo fica na Rua dos Murcas, no Funchal, e é um dos melhores restaurante madeirenses. Agora, entre 22 e 24 de fevereiro, vai mudar-se pela primeira vez para o Gate 67, em Marvila, Lisboa. 

Será o primeiro espaço dos arquipélagos a aderir ao intercâmbio gastronómico da Cerveja Bohemia. Vai haver dois jantares e um almoço só com pratos típicos da Madeira — sempre acompanhados pelas cervejas Bohemia indicadas pelos especialistas. 

O chef Júlio Pereira promete levar para Lisboa um menu completo, com todos os sabores mais característicos do restaurante madeirense. A entrada é um bolo do caco com manteiga de alho, seguido de gaiado seco de escabeche. Esta primeira especialidade é acompanhada pela Bohemia Bock.

O segundo prato é composto por uma sopa de trigo e carnes salgadas. Uma sugestão que é servida ao lado da Bohemia Puro Malte, uma cerveja dourada de sabor moderadamente amargo, que equilibra com pratos de sabor intenso.

A sopa de trigo e carnes salgadas.

O terceiro e último prato não podia deixar de ser a famosa espetada madeirense com milho frito, acompanhada pela Bohemia Original, mais densa e que se conjuga lindamente com os sabores da carne deste prato. A espetada em pau de loureiro vai ser trazida da Madeira pelo chef Júlio Pereira para garantir que os espetos de louro lhe dão este sabor tão característico à carne.

No final do menu, chegam mais sobremesas bem típicas da região: o bolo de mel e a pitanga. O menu completo custa 30€ por pessoa.

Se quiser passar pela versão lisboeta do restaurante madeirense Kampo, pode fazer a reserva através do site do “Mesas Bohemia” ou na Ticketline. Mas convém marcar a mesa com antecedência, já que os lugares são limitados — tanto ao almoço, a partir das 13 horas, como aos jantares, a partir das 20.

Este artigo foi escrito em parceria com a Bohemia.