NiTfm live

Gourmet e Vinhos

Mesas Bohemia: Adega dos Apalaches leva o famoso cabrito de Oleiros para o Porto

O projeto que apresenta a melhor comida regional a outras cidades virou-se para os sabores de Castelo Branco.
Prepare-se para provar.

O projeto “Mesas Bohemia” nasceu em 2017 com o objetivo de celebrar a cozinha e a cerveja portuguesa da melhor maneira: à mesa. E tem sido um verdadeiro sucesso — restaurantes de diferentes regiões vivem uma verdadeira odisseia de intercâmbio gastronómico. O objetivo é deixar que os melhores pratos portugueses continuem a passear de norte a sul do País.

Desta vez, a convite da cerveja Bohemia, o restaurante Adega dos Apalaches, em Oleiros, Castelo Branco, está prestes a mudar-se — de tachos e panelas, literalmente — para o Porto. De 10 a 12 de maio, o projeto “Mesas Bohemia” convida o restaurante típico da Beira Baixa a instalar-se no número 261 da Rua Dr. Eduardo Santos Silva, na cidade do Porto.

Durante estes dias, vai haver dois jantares e um almoço só com pratos típicos de Oleiros — como o cabrito estonado — servidos ao lado das melhores cervejas Bohemia indicadas pelos especialistas.

O chef André Ribeiro vai ser responsável pela preparação dos pratos e promete criar um menu completo e fiel aos sabores da região. Para entrada, o Adega dos Apalaches terá um mexido de enchidos preparado apenas com produtos da região da Beira Baixa. Para acompanhar, uma Bohemia Original, a cerveja de cor ruiva, notas a malte torrado e um toque de caramelo. 

O segundo prato é um clássico da região: sopa de peixe do Zêzere. Aos dois peixes mais famosos do rio — Achigã e Barbo — junta-se o pão frito e o ovo escalfado. Esta sugestão é servida com o sabor fresco e amargo da Bohemia Puro Malte: uma cerveja dourada e de aroma herbal.

Depois da sopa, chega o prato principal: o tão esperado cabrito estonado com batata assada e arroz de miúdos, acompanhado pela Bohemia Bock, a cerveja preta de notas tostadas, que se conjuga na perfeição com aromas de forno. Esta sugestão vai ser confecionada num forno a lenha, mesmo sobre brasas. Para lhe dar um toque ainda mais especial, o chef vai preparar um entrançado de louro e alecrim para fumar o forno. O objetivo é que este prato preserve os cheiros e o sabor da vila de Oleiros.

Pode aparecer no espaço da Rua Dr. Eduardo Santos Silva para almoçar a partir das 13 horas e, aos jantares, depois das 20.

O menu completo custa 30€ por pessoa. As reservas podem ser feitas através do site do “Mesas Bohemia” ou na Ticketline. Não se esqueça de marcar a mesa com antecedência — os lugares são limitados.

Aqui está o mexido de enchidos regionais.
Este artigo foi escrito em parceria com a Bohemia.