NiTfm live

Gourmet e Vinhos

Estão escolhidos os bartenders que passam à final ibérica da World Class Competition

Dos seis eleitos vai sair o vencedor português que vai competir na final internacional da prova.
Concentração | Fotografia de Gary Manrique

Os mojitos, as caipirinhas ou as margaritas podem ser preparados das mais variadas maneiras. O que realmente importa são os ingredientes que escolhe, o que eles significam para si e aquilo que despertam a quem os prova.

Geralmente, quando bebemos estes cocktails de verão, provamos sabores tão típicos que nos sentimos a fazer uma espécie de viagem aos vários cantos do mundo. E foi a pensar nisto mesmo que os bartenders inventaram as misturas para os cocktails que apresentaram na semifinal portuguesa da World Class Competition.

Na passada segunda-feira, dia 3 de junho, no bar Red Frog, cada um dos dez concorrentes preparou um cocktail em apenas 15 minutos. Durante esse tempo, tiveram oportunidade de explicar a origem dos ingredientes que utilizaram, inventar ou contar uma história para explicar a bebida, ou fazer referência às cidades onde nasceram.

Houve quem fizesse um cocktail com sabor a ananás dos Açores e quem relembrasse as festas do São João, no Porto, com manjericos e uma pequena fogueira.

“De uma forma geral, todos conseguiram trazer algo original para esta prova. Gostei do facto de cada um pensar numa história específica, quer para um ingrediente quer para o próprio nome do cocktail. Houve uma interligação super interessante em tudo o que nos apresentaram”, afirma Carlos Santiago, vencedor da World Class Competition Portugal em 2017. 

Carlos Santiago foi, juntamente com Nelson de Matos — vencedor da edição passada da World Class Competition Portugal (2018) — o jurado que escolheu os seis finalistas para passar à final ibérica, de onde sairá um único vencedor português. 

Assim, na final ibérica — que acontece a 10 de julho no Festival Jardins de Pedralbes, em Barcelona — vão competir Sérgio Urbano (Columbus, Faro); Sérgio Pereira (Bonaparte Downtown, Porto); Marco Monteiro (Bon Vivant, Lagos); Duarte Oliveira (Aperitivo Bar, Faro), Lukas Neves (The House Bar at Vila Vita Parc Resort& SPA, Faro) e, por fim, José Mendes (The Royal Cocktail Club, Porto).

Os vencedores. | Fotografia de Gary Manrique

O vencedor desta fase nacional vai representar o nosso País na final mundial da World Class Competition 2019, que se realiza no mês de setembro, em Glasgow, na Escócia.

A World Class Competition é o maior evento de bartending do mundo. O objetivo da competição é servir como base de formação internacional para valorizar a arte dos cocktails e dos profissionais. Todos os anos passam pela final cerca de dez mil bartenders de mais de cinco continentes.

Este artigo foi escrito em parceria com a Diageo.