NiTfm live

Gourmet e Vinhos

Que cuidados deve ter em casa com as compras do supermercado? Desinfetar tudo

Um médico norte-americano diz que o ideal até é deixá-las fora de casa durante três dias.
Deve lavar a fruta como lava aos mãos.

Lavar as mãos quando chega a casa é uma das primeiras coisas que deve fazer se saiu para ir às compras. E qual deve ser o procedimento com todos os produtos que comprou? Arruma-os logo? Um médico norte-americano diz que deviam ficar no exterior pelo menos três, isto no caso de não precisar deles no imediato. Porém, este comportamento parece impossível no dia a dia, sobretudo para quem vive em apartamentos.  

Jeffrey VanWingen é clínico geral em Michigan, nos Estados Unidos, e partilhou um vídeo no YouTube que se tornou viral, com mais de 22 milhões de visualizações. São treze minutos onde explica tudo o que deve fazer com as compras que traz. Fala da técnica de estéril, usada em ambiente cirúrgico e ainda da forma como deve lavar a fruta neste período de pandemia.

Conheça as principais sugestões do doutor Jeffrey VanWingen para se manter seguro quando vai às compras e chega a casa com os vários sacos cheios do supermercado.

Quando vai às compras

Jeffrey VanWingen dá algumas dicas ainda antes de entrar no supermercado. Primeiro, limpe a superfície do carrinho onde vai pegar com as mãos. Já existem alguns espaços que o estão a fazer, mas mais vale prevenir. Depois não ponha e retire artigos do carrinho. Se estiver infetado e não sabe, pode estar a ajudar na propagação do vírus.  Também convém que faça um planeamento para duas semanas, pois não sabe se nos próximos dias poderá ir às compras.

Deve limpar primeiro o carrinho de compras.

Quando as posso trazer para casa?

Segundo Jeffrey VanWingen, se não as vai usar de imediato, o ideal é deixar as compras fora de casa por um período até três dias. Na varanda, na garagem ou à porta da entrada. O mesmo se aplica às encomendas que chegam através de serviços de entregas ao domicílio.

E se não conseguir fazer uma quarentena aos artigos?

O especialista reconhece que nem sempre é possível fazer este isolamento dos produtos, mas existem soluções. Uma delas passa por deitar fora todas as embalagens descartáveis onde estão acondicionados. Outros podem ser colocados em frascos ou outro tipo de armazenamento, como é o caso das batatas fritas, arroz ou massa, por exemplo. O mesmo se aplica ao pão, que deverá ser colocado em sacos de pano.

Para outro tipo de embalagens que não podem ser descartadas, Jeffrey aconselha que sejam primeiro desinfetadas com a tal técnica estéril. 

Convém deitar logo as embalagens fora.

O que é a técnica estéril?

É usada em cirurgias e Jeffrey VanWingen recomenda que a aplique neste tipo de compras. O objetivo é evitar a propagação do vírus no interior de casa. Na prática é desinfetar as várias embalagens. Sugere que coloque tudo de um lado de uma mesa e que as limpe e passe para o outro lado. “Passe com maior intensidade nas áreas em que as pessoas mais possam ter tocado”, explica.

O que devemos fazer com a fruta?

É uma das maiores preocupações, por não terem nenhuma embalagem associada. O ideal, segundo Jeffrey, é lavar da mesma forma como faz com as mãos e durante 20 segundos, com água e com sabão. “Vamos ser metódicos e seguros sem correr riscos.”