NiTfm live

Cafés e Bares

Bares e discotecas vão ser obrigados a reforçar medidas de segurança

As novas regras entram em vigor esta quinta-feira, 22 de agosto. Os estabelecimentos têm três anos para se adaptarem.
Boas notícias.

A partir desta quinta-feira, 22 de agosto, os bares e discotecas de Portugal são obrigados a instalar um sistema de videovigilância especial. Segundo o site da “Renascença”, que cita a “Lusa”, o aparelho tem de incidir “sobre o interior e a entrada do público, passando as câmaras de vídeo a cobrir todas as zonas de acesso aos bares e discotecas, incluindo as entradas de funcionários e parques de estacionamento privativos”.

Além disso, a polícia pode encerrar ou reduzir o horário dos estabelecimentos em caso de distúrbios e ter acesso em tempo real às imagens de videovigilância.

Sempre que um bar ou discoteca tenha mais de 400 lugares é obrigatório a presença de um responsável, que tem o dever “de comunicar comportamentos dos seguranças privados que violem os deveres e obrigações e zelar para que eles cumpram o que está previsto na lei da segurança privada, além de informar as polícias sobre os ilícitos criminais ocorrido no interior dos bares e discotecas”.

A nova lei obriga também a que um espaço com 200 lugares tenha pelo menos um porteiro. Este número deve aumentar a cada 250 pessoas.

Embora as medidas entrem em vigor esta quinta-feira, os estabelecimentos têm três anos para se adaptarem.