Cafés e Bares

Padaria Portuguesa abriu a 50.ª loja e nós fomos os primeiros a chegar

Esta quarta-feira abriu em Alfragide o novo espaço da marca e a NiT tem as primeiras imagens. Até ao final de 2016 vão chegar às 64 padarias, sempre na região de Lisboa.

Às sete da manhã desta quarta-feira, 18 de janeiro, brindava-se em Alfragide à abertura de mais uma Padaria Portuguesa. É a loja número 50 da marca, mas não foi por isso que houve este tratamento especial. “Desde a primeira loja que fazemos um brinde com a equipa na loja antes de abrir. Foi um hábito que começámos e fizemos sempre”, diz à NiT Nuno Carvalho, sócio e diretor geral da cadeia de padarias mais conhecida de Lisboa.

A 5 de novembro de 2010 foi lançado o primeiro Pão de Deus na Avenida João XXI. Pouco mais de seis anos depois ainda haverá espaço para mais espaços da Padaria Portuguesa? “ Nós achamos que sim e o consumidor tem dito que sim. Havendo adesão dos clientes não há motivos para não continuarmos a abrir. Podia haver o problema de estarmos a chatear, mas a verdade é que as pessoas se sentem bem com a expansão do projeto.”

Nestes seis anos só uma loja fechou e foi por motivos estratégicos. “Tínhamos uma Padaria em Vila Franca de Xira mesmo junto à fábrica, mas quando mudámos a área de fabrico para Loures e abrimos a décima loja, no Camões, achámos que primeiro a expansão tinha de ser feita em Lisboa e não nesse eixo”. Nos próximos tempos é possível que o Pão de Deus chegue até essa zona de Lisboa.

“Estamos a executar um plano para abrirmos 70 lojas até 2019, mas à partida vamos antecipá-lo. Até ao final deste ano já temos previsto chegar às 64 padarias.” Para já é só mesmo a região da grande Lisboa que está nos objetivos, tudo por causa da fábrica que em breve vai mudar de localização, de Loures para Marvila.

localização, contactos e horários

morada
  • Padaria Portuguesa Alfragide II [ver mapa]
    Rua Quinta do Paizinho, 2, Carnaxide, Lisboa

    2790-045 Alfragide - Portugal
site e redes sociais
horários
  • Das: 07:30
  • Às: 20:00
Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo