NiTfm live

Cafés e Bares

Marco Costa ensina a fazer a famosa torta de laranja

Doce ficou conhecido na “Casa dos Segredos” e deu início a um negócio que já chega a todo o País. Ele não queria ser pasteleiro mas acabou por homenagear o pai depois da morte dele.

Foi testando a receita do bolo de Snickers, agora um dos mais pedidos.

Durante uma semana e meia fez três mil ovos da Páscoa, de tamanhos diferentes e recheados com Ferrero Rocher, Kinder ou Oreo. Sozinho na cozinha, Marco Costa esteve várias noites sem dormir para conseguir dar resposta aos pedidos. No domingo, 1 de abril, houve quem esperasse quatro horas no Amoreiras Shopping Center e fizesse filas pelos corredores enquanto esperava pela sua vez na Receitas com Segredo, para já a única loja que reúne todos os doces do pasteleiro.

“Se tivesse conseguido produzir o dobro, tinha vendido. Foi isso que me salvou o mês”, explica à NiT quando o visitamos na fábrica em Casal de Cambra, nos arredores de Lisboa, onde vai continuar a fazer ovos de chocolate recheados até domingo, 8 de abril. 

Na verdade, tudo começou como uma brincadeira. Marco Costa tinha umas formas de ovos que nem sabia bem usar. Contudo, já tinha visto receitas online e decidiu experimentar. 

“Fiz uns para as filhas de um amigo e elas gostarem. Fiz outros que levei à minha mulher [Vanessa Martins, modelo e bloguer] e ela adorou.”

Estava decidido: os próximos a provar seriam os clientes, apesar de o processo ser demorado e trabalhoso. Primeiro é preciso derreter o chocolate, pincelar as formas com ele, colocá-las no frigorífico para solidificarem e só depois é acrescentado o recheio. Tudo é feito de raiz e sem ingredientes de marcas brancas.

Foi para Inglaterra sem casa nem trabalho. Passou uma semana na rua

Contudo, o que nos traz aqui é a torta de laranja, a verdadeira estrela do projeto Receitas com Segredo. Para percebermos como tudo começou, é preciso recuar à segunda edição de “Secret Story — Casa dos Segredos”, programa transmitido em 2011 pela TVI. Inscreveu-se porque não tinha nenhum compromisso que o prendesse cá fora e sobretudo depois de uma ex-namorada lhe dizer que ele “nunca passaria de um pasteleiro” — ironicamente ela também fez parte do grupo de participantes.

No reality show dormia-se pouco, não havia grande coisa para ocupar o tempo e ele começou a fazer tortas de laranja e arroz doce. “Não foi nada pensado e eram essas receitas porque os ingredientes estavam à mão. Quando havia discussões, eu ia para a cozinha fazer tortas”, conta à NiT.

Um dia até a produção e a apresentadora, Teresa Guilherme, provaram e elogiaram. O doce ganhou sucesso instantâneo. “Quando saí e escrevi ‘torta de laranja’ no Google, apareceram várias páginas com a minha receita.”

Havia até ofertas para comercializar o produto mas Marco Costa reconhece que estava deslumbrado com outro caminho: “Com 21 anos ganhava mil euros em duas horas de presença numa discoteca, vai lá tu fazer bolos.”

Dois anos mais tarde conheceu Vanessa Martins e foi ela que o fez repensar a vida que tinha. “Disse-me: ‘Toda a gente fala na torta, faz tortas.”