NiTfm live

cafés e bares

Lisboa tem um novo bar elétrico com cocktails criativos

A carta no Electric Shaker muda a cada seis meses, sempre com uma base diferente. Começa com rum e a próxima será com tequila.
Há mais de 200 garrafas no balcão.

A cada seis meses, a carta do Electric Shaker vai mudar por completo. O novo bar de cocktails de Lisboa está em soft opening desde o início de junho. A inauguração oficial será na segunda quinzena de julho. Nas últimas semanas têm sido apresentados menus mais reduzidos com sugestões que irão fazer parte da lista final que irá contar com mais de 20 propostas.

A base também nunca será mesma. Neste início do projeto, serão feitos cocktails à base de rum. Seis meses depois, poderão ser provadas bebidas com tequila. “Quisemos criar um espaço para desmistificar algumas espirituosas e dar também a conhecer outros produtos”, explica à NiT Hugo Gonçalves, 35 anos, um dos três sócios do Electric Shaker.

Trabalhou no bar do Hard Rock Cafe, em Lisboa, e foi aí que conheceu Ana Marques e Luís Garcia, os outros dois responsáveis. Hugo sempre esteve ligado à cadeia e passou por vários países. O último espaço da marca onde esteve foi na Austrália, onde era diretor de operações.

Ana Marques, depois da experiência em bar, foi para a banca, antes de regressar agora à área da coquetelaria. Já Luís Garcia esteve também a trabalhar em alguns bares em Londres. Os três deixaram os empregos para se dedicarem a este projeto.

“Vivemos alguns anos fora de Portugal e percebemos que Lisboa evoluiu muito em restaurantes, mas não tanto em bares. O objetivo foi trazer um bar onde as pessoas apreciassem mais aquilo que estão a beber e percebessem as razões por que determinadas bebidas funcionam bem juntas.”

Desde o início de junho que de duas em duas semanas mudam a carta. Menus mais pequenos, com apenas oito sugestões, mas tudo para darem a conhecer as propostas da carta final. Terá 80 por cento de sugestões com base de rum e ainda ainda propostas clássicas.

Tem, por exemplo, o Rum Old Fashioned, com El Dourado 12 anos e bitters (10€); o El Viajante, com gin Mare e tomate cherry (11€); ou o Eletrick Lady, com Havana, sumo de ananás e canela (11€). O menu terá ainda alguns petiscos e tapas para acompanhar as bebidas.

O balcão tem mais de 200 garrafas, que são usadas nas várias preparações. É um espaço de cocktails, mais lounge, mas a música também não falta. O funk e o disco moderno será o que mais vai ouvir.

A decoração foi criada pelo três responsáveis. As obras duraram dois meses. O projeto está a ser falado desde dezembro de 2018. Em apenas seis meses montaram o conceito, criaram as bebidas e abriram em Picoas, na Avenida Duque de Loulé. O Electric Shaker tem capacidade para 70 pessoas sentadas. Vai estar a funcionar entre as 16 horas e as duas da manhã, todos os dias da semana.

Quem manda nisto tudo?

Nome: Hugo Gonçalves
Idade: 35 anos
Bebida favorita: Old Fashioned
Convença-nos a visitar este espaço: “Todos os que vêm têm adorado e até já voltaram.”

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo Electric Shaker.

localização, contactos e horários

morada
  • Electric Shaker [ver mapa]
    Avenida Duque de Loulé, 33 A, Lisboa
    1050-085 Lisboa
    localização
    Lisboa
site e redes sociais
horários
  • Das: 16:00
  • Às: 02:00

ficha técnica

tipo(s) de cozinha
Bar
intervalo de valores
Entre 10€ e 20€