Cafés e Bares

Bem-vindos ao primeiro cereal café do Porto

Desde que abriu tem sido um sucesso — cheio de manhã e à tarde. A ideia veio de Londres, no Reino Unido. Há quase 100 marcas diferentes para provar.

Sim, pode pedir cobertura de Filipinos.

Os cereais são os melhores amigos ao pequeno-almoço para muita gente, mas há quem vá mais longe e abra um café exclusivo de cereais, com quase 100 marcas. Foi o que fizeram Pedro Gil e Ricardo Vilas Boas, dois professores de Educação Física apaixonados por cereais.

O Cereal Porto Café está aberto desde 19 de agosto e é o primeiro do género na cidade. Tem sido um sucesso, com clientes a encher a loja durante todo o dia, com picos de manhã e à tarde, durante a hora do lanche. Têm recebido a visita de tantos turistas como portuenses, e os responsáveis garantem que, ao contrário do que podiam pensar, as crianças não são os clientes mais dedicados.

Pensámos que ia acontecer com as crianças, mas são os adolescentes e os jovens [adultos] que têm aparecido mais. Os pais que vêm com os miúdos também têm muita curiosidade”, conta Pedro Gil à NiT.

Nunca comer cereais teve tantas opções. Por isso, também é mais difícil escolher. Das clássicas portuguesas às americanas dos filmes, as cerca de 90 marcas — que, em breve, se vão tornar 120, e, mais tarde, 150 — têm cereais de todos os tipos. Prove os Lucky Charms, Froot Loops, Cocoa Pebbles, Apple Jack’s, Shreddies, Cap’n Crunch, Reese’s Puffs, Lion ou os Sprinkled Donut Crunch. E também há Chocapic, Golden Grahams e Estrelitas. Não interessa se é daqueles que metem o leite ou os cereais primeiro na taça, o cliente tem de escolher a combinação de marcas que quer, o tipo de leite e os toppings.

Existem três tamanhos de taças: o S (3,30€) leva três tipos de cereais e duas coberturas, o M (3,60€) inclui quatro cereais e três toppings, e o L (3,90€) dá direito a cinco marcas diferentes, além de três coberturas. Depois, o leite — há de vaca, a opção sem lactose, mas também de origem vegetal (com um custo extra de 50 cêntimos), como leite de soja, arroz, amêndoa, aveia ou ainda iogurte natural. Entre os toppings disponíveis estão gomas, marshmallows, chocolates, fruta fresca, amêndoa, bolachas ou côco ralado. Há milhares de combinações possíveis, e pode acrescentar sempre mais coberturas (35 cêntimos cada uma) e até uma bola de gelado (mais 75 cêntimos).

Também há combinações pré-definidas. O Choco Lovers (3,50€) tem cereais Cookie Crispy, Krave em versão de chocolate branco e Chocapic, com cobertura de bolacha Oreo, chocolates Maltesers e chocolate branco. Já o Fitness (3,70€) tem Great Grains, Clusters de amêndoa e All Bran Plus, além de côco ralado, amêndoa laminada e fruta.  O Cereal Porto Café tem um conjunto de bebidas quentes e batidos para acompanhar, além de servir tostas: queijo ou fiambre (1,50€), mista (2€) e com Nutella (2€).

A ideia de abrir o Cereal Porto Café veio de Londres, no Reino Unido, e juntou dois amigos por acaso. Em 2014, abria na capital britânica o original Cereal Killer Cafe, o primeiro da sua espécie, que contagiou espaços por todo o mundo.

“Lembro-me de estar a ver na televisão há dois anos o Cereal Killer Cafe. Adorei o conceito, e lembro-me de até antes disso pensar: porque raio não há uma loja só com cereais? Pensei logo que iria ter bastante sucesso no Porto, e depois abriu em Lisboa [o Pop Cereal Café].”

No mesmo ginásio onde Pedro Gil era professor e PT — o HFitness, na Senhora da Hora — trabalhava o antigo colega de faculdade Ricardo Vilas Boas que, num trajeto paralelo, também adorava cereais e até já tinha ido conhecer o espaço de Lisboa.

“O Ricardo disse-me que ia abrir um café mas não revelava o conceito, era segredo. Quando falou em Londres, perguntei se era um bar de cereais e ele até ficou surpreendido. Foi mesmo por acaso [que partilhávamos este interesse]. Depois fez-me o convite para sermos sócios.”

Pedro Gil adora os Reese’s Puffs, já Ricardo Vilas Boas prefere os de chocolate, como os Froot Loops — é uma embalagem desta marca que existe em tamanho XL e está suspensa no teto do café. A eles juntou-se um outro amigo que investiu no projeto e se tornou sócio da empresa, Eurico Duarte.

A ideia era abrir a loja em junho, mas não foi possível porque faltava terminar a instalação elétrica. Aproveitaram o tempo de espera para testar marcas de cereais — há várias que vêm de mercearias gourmet de Lisboa e do Porto, outras chegam dos EUA através dos Açores, e outras vêm diretamente de vários países. O espaço está num edifício restaurado que estava desocupado há 30 anos. Tem cerca de 50 metros quadrados e 22 lugares sentados.

Carregue na imagem para conhecer melhor o Cereal Porto Café.

localização, contactos e horários

morada
  • Cereal Porto Café [ver mapa]
    Rua Fernandes Tomás, 916, Porto
    - Portugal
    localizações
    Porto, Baixa
site e redes sociais
horários
  • Das: 09:00
  • Às: 22:00
  • Sexta-feira e sábado até às: 00:00
  • Fecha ao domingo.
Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo