NiTfm live

Cafés e Bares

Armazém 20.18: o novo bar no Cais do Sodré tem mini hambúrgueres, pizzas e cocktails

Uma das paredes tem um mural da artista visual Jacqueline De Montaigne, conhecida por fazer retratos de mulheres.
Um espaço descontraído no Cais do Sodré.

“Drinks, Food & Friends” é o lema do novo bar do Cais do Sodré, em Lisboa. Nas portas 20 e 18 da Rua Corpo Santo nasceu o Armazém 20.18,  a 4 de abril. O nome é uma referência à localização do novo espaço, mas também ao facto de o bar funcionar num sítio que era usado para guardar móveis e objetos pessoais de um dos sócios.

O Armazém 20.18 é um projeto de três amigos. Filipe Guimarães, 47 anos, já trabalhava no ramo da restauração e é dono do Pub Lisboeta; Vasco Mendes de Almeida, 48 anos, tem uma empresa de eventos; e Gonçalo Valente, 45 anos, é engenheiro civil.

“Numa conversa informal, o Gonçalo disse que tinha um armazém do sogro no Cais do Sodré e que poderíamos transformá-lo num bar. Estava cheio de peças de mobiliário, mas era um ótimo espaço e muito bem localizado”, conta Filipe Guimarães à NiT.

A ideia foi em frente e no final de 2018 as primeiras paredes foram abaixo para começar uma obra que viria a demorar cinco longos meses. A única herança que ficou do armazém foi um cofre antigo que era demasiado pesado para ser retirado do espaço.

Para que o bar tivesse um ar mais pessoal e descontraído, a sala principal recebeu um mural da artista plástica Jacqueline De Montaigne chamado “Ninfas do Cais” — e que é uma homenagem às mulheres.

“Conhecemos o trabalho da Jacqueline há muitos anos e demos-lhe total liberdade para criar o que quisesse. Durante dois dias, a artista ficou com as chaves do e fomos proibidos de entrar. O resultado foi uma bela surpresa, mas confiávamos muito no trabalho dela.”

O novo spot do Cais do Sodré é perfeito para finais de tarde e de noite. A carta convida a beber um copo, picar ou até mesmo jantar. Há mini hambúrgueres criados pela chef Fernanda, que já trabalhou com Filipe Guimarães no Pub Lisboeta, e que são sempre servidos aos pares. 

O hambúrguer Jagger é servido em pão de brioche com queijo chèvre, cebola caramelizada, maionese de coentros e tomate cherry (8€). O Bono é uma versão vegan com grão de bico, maionese de caril e tomate cherry (9,50€). São acompanhados com chips de batata doce.

Há ainda tábuas de queijos e compotas (15€) e de enchidos (12€) e um carpaccio de vitela com picles de kiwi, espinafres e redução de balsâmico com melaço (6,50€).

Na parte da carta dedicada às bebidas há cocktails com gin, vodka, whisky, rum e cachaça. Os preços variam entre os 6€ e os 10€.

Por enquanto, a música ambiente vai desde os anos 70 até ao presente. Mas os sócios pretendem começar a realizar concertos ou DJ sets durante os finais de tarde do verão. 

O novo Armazém 20.18 tem 25 lugares sentados, mas pode receber até 60 pessoas. Carregue na galeria para ver alguns dos pratos e cocktails deste novo spot do Cais do Sodré.

localização, contactos e horários

morada
  • Armazém 20.18 [ver mapa]
    Rua do Corpo Santo, 20, Lisboa.
    1200-129 Lisboa - Portugal
    localizações
    Lisboa, Cais do Sodré
site e redes sociais
horários
  • De terça a quinta, das: 17:00
  • às: 02:00
  • Sexta e sábado, das: 18:00
  • às: 03:00
  • Domingo, das: 17:00
  • às: 00:00