NiTfm live

Restaurantes

Árvore do Mundo: a nova casa vegetariana do Porto

Vai servir feijoada sem tripas, exibir arte e organizar sessões de meditação.

“Não é um restaurante e também não é um café. É uma casa.” A descrição é de Joana Esteves, a mentora deste projeto que junta pratos vegetarianos (e alguns veganos) a um conceito saudável, com espaço para ler, apreciar exposições de pintura e escultura ou até meditar. O Árvore do Mundo abriu a 3 de outubro.

Atriz e terapeuta de reiki de profissão, Joana não tem qualquer formação culinária. A experiência adquiriu-a no restaurante Da Terra, seguido de uma estadia no Em Carne Viva e no Oriente no Porto e, por fim, no Duas de Letra. Mais de cinco anos a cozinhar para vegetarianos e veganos foram toda a formação que precisou para começar a receber elogios dos clientes. Mas não foram só palavras elogiosas que lhe chegaram aos ouvidos: “Diziam-me que devia abrir o meu próprio espaço. Como é que eu posso fazer isso se não tenho dinheiro nenhum? (risos).”

Mesmo com 8€ na conta bancária, a oportunidade surgiu e Joana avançou para a pequena loja na Baixa da cidade, incentivada pela própria senhoria. Nem a própria tinha “muito bem definido o conceito”, que “não é um restaurante”, mas é um sítio para comer “e muito mais”. Mas antes, falemos da comida.

Todos os dias é servido um prato diário, num menu que custa 7€ e inclui entrada, prato principal, sopa e uma bebida. A receita é, claro, vegetariana. À mesa tanto chega uma versão das tripas à moda do Porto a que chamam desdobrada — com cogumelos na vez da tripa, tofú no barro e chouriço vegetariano —, como um hambúrguer de alheira vegetariana com batata doce no forno. Ao jantar, o preço do menu sobe para os 9€. Se quiser apenas o prato, vai custar-lhe 5,5€.

No Árvore do Mundo vai encontrar uma galeria com exposições de pintura ou escultura, uma pequena biblioteca e brevemente uma loja de artesanato

Entre refeições, há espaço para petiscos salgados, servidos a todas as horas. Nesta carta versátil encontra chamuças veganas (1,2€), hambúrguer de cogumelos shitake biológicos (6€), arroz basmati (2€) e até cachorros veganos (6€).

Para acompanhar, esqueça a Coca-Cola ou a SevenUp, porque no Árvore do Mundo “não há nada disso”. Mas há substitutos saudáveis que talvez não faça ideia que existem. São bebidas com gás da Whole Earth e que recriam versões orgânicas e sem açúcar de alguns refrigerantes famosos, neste caso o de Cola e o de limão (2,5€).

O cuidado com a vertente saudável é uma das maiores preocupações de Joana, que faz questão de usar apenas água filtrada para cozinhar, fazer chás e tirar cafés. Na cozinha, só entra sal marinho e detergente ecológico. E biológico é a palavra imperativa na escolha de produtos: ovos de galinhas criadas ao ar livre e leite apenas de origem vegetal.

Se não é apenas um restaurante, o que há mais para conhecer nesta casa? Por lá vai encontrar uma galeria, com exposições de pintura ou escultura, uma pequena biblioteca que pode usar à vontade, e brevemente uma loja de artesanato. Em dias a determinar, haverá também sessões de meditação.

Carregue na imagem acima para conhecer o espaço.

localização, contactos e horários

morada
  • Rua Duque de Loulé, 228, Porto
    Porto
site e redes sociais
facebook
www.facebook.com/CasaArvoredoMundo/
contactos
email
casaarvoredomundo@gmail.com
horários
Segunda a quinta-feira, 12h30-19h30. Sexta e sábado, 12h30-0h. Fecha ao domingo.

ficha técnica

região
Porto
chef(s)
Joana Esteves
intervalo de valores
Menos que 10€
aceita reservas?
sim