NiTfm live

Restaurantes

Vítor Sobral abre Padaria da Esquina no Brasil

Este é o terceiro espaço do chef português em São Paulo. A inauguração está marcada para fevereiro.
Foto de projeto de APR materiais.key

Vítor Sobral sempre foi um chef de esquinas. Depois da Tasca e da Taberna da Esquina, prepara-se para abrir, também em São Paulo, no Brasil, a Padaria da Esquina. Os brasileiros já podiam experimentar muitos dos petiscos e pratos nacionais nos dois restaurantes do chef, como alheira, arroz de pato ou bacalhau à Brás. Agora vão comer ao pequeno-almoço um bom pão português.

“Tudo será feito como em Portugal”, diz Vítor Sobral à revista Veja São Paulo, que avançou a notícia. No total, a Padaria da Esquina vai apresentar 11 variedades de pão e que são diferentes dos que se encontram nas confeitarias brasileiras. Há cacetes, papo seco, carcaças, pão da Langoinha ou saloio. Claro que não podiam faltar os típicos bolos de pastelaria, como os pastéis de nata, as bolas de Berlim e os queques.

Segundo a Veja São Paulo, a Padaria da Esquina vai ter na carta algumas sanduíches nacionais — prego e bifana —, frango assado, rissóis e pastéis de bacalhau. Existe ainda uma zona gourmet com azeites e vinhos.

O projeto resulta de um investimento de mais de um milhão de euros

A nova Padaria da Esquina fica na Alameda Campinas, número 1630, e deverá abrir em fevereiro. Pelas imagens do projeto, percebe-se que é um espaço muito clean, simples, com tampos de pedra nas mesas e mosaico no chão. Haverá uma esplanada no exterior. De acordo com a mesma revista, o investimento no negócio é de cinco milhões de reais – perto de um milhão e 150 mil euros.

Desde 2011 que o chef Vítor Sobral tem o restaurante Tasca da Esquina em São Paulo. Em 2015, foi considerado pelo jornal Folha de São Paulo o melhor restaurante português da cidade e também o melhor português do Brasil pela revista brasileira Gula. No início de 2014, o chef abriu também em São Paulo a Taberna da Esquina.

No mesmo país, mas em João Pessoa, no estado da Paraíba, existe outra Tasca da Esquina de Vítor Sobral. Antes da viagem, o chef já tinha consolidado projetos em Portugal. Caso da Tasca da Esquina e da Cervejaria da Esquina, que desde o verão de 2015 mudou de conceito e de nome — passou a chamar-se Peixaria da Esquina.

Já em Luanda, Angola, o chef é responsável pelo Kitanda da Esquina, aberto desde abril de 2014, e vai inaugurar este ano na mesma cidade o Kitanda do Mar, mais virado para o peixe e marisco.

ficha técnica

aceita reservas?
sim