NiTfm live

Viagens

Ryanair, easyJet e Norwegian Airlines juntam-se para ter voos de longa duração low cost

As três companhias aéreas querem unir-se para vender bilhetes mais baratos e com ligações para aeroportos mais regionais.

A Ryanair, easyJet e Norwegian Airlines estão a juntar-se para criar uma parceria low cost para combater a British Airways e a Emirates Airlines nos voos de longa duração. As parceiras estão a planear vender bilhetes mais baratos e com ligações para aeroportos mais regionais.

Pois é, são boas novidades para todos os viajantes. Com esta iniciativa, as três companhias aéreas pretendem conseguir entrar em mercados como a Ásia, Estados Unidos e Médio Oriente — tendencialmente mais caros e fora das rotas habituais das low cost. Além dos preços mais baixos, a Ryanair, easyJet e Norwegian Airlines querem vender viagens para vários aeroportos com um único bilhete. 

Faz sentido: se a parceria for para a frente, cada companhia aérea deixa de estar limitada às suas rotas. Atualmente, a Ryanair viaja para 203 destinos em 33 países, a British Airways para 183 e a easyJet para 19 cidades europeias. Se juntarmos isto tudo, as opções são (quase) ilimitadas para os viajantes.

Bjørn Kjos, CEO da Norwegian Airlines, tem esperança de conseguir formalizar a parceria com a Ryanair ainda este ano e dar acesso aos passageiros de uma “rede enorme”.

“[Os passageiros] podem fazer voos baratos não só do ponto A ao ponto B, mas também do A ao B ao C, e a uma variedade de locais que nós nunca ofereceríamos”, disse Bjørn Kjos ao site “The Travel Magazine”. “A Ryanair, easyJet e Wizz Air voam para uma série de cidades que nós não conseguimos sequer soletrar. Isto pode vir a ser uma aliança das low cost”. 

A companhia Norwegian já possui rotas low cost nos EUA, Caraíbas, Ásia, e está a planear adicionar a Argentina com uma nova companhia, a Norwegian Air Argentina. As rotas ainda estão por confirmar.

Recorde o artigo da NiT que explica o que é que faz de uma companhia aérea low cost.