NiTtv

Andreia Calisto: “Apaixonámo-nos por ele no primeiro momento”

A blogger tem um cão chamado Alvim que adorou mal o conheceu. Três anos depois, ele ainda só lhe estragou uns chinelos. Há pessoas com sorte. Conheça estes dois.

Andreia Calisto, a blogger que assina o Glimmer Le Blonde, sempre teve animais. Recebeu-nos na sua casa, onde vive com o namorado e com o seu cão Alvim, que gostou muito da nossa visita – o cão, claro está.

Quisemos saber como é que o cachorrinho foi parar à sua vida. “Foi o meu namorado que tratou de tudo”. E continua: “Ele acabou por surpreender-me no meu aniversário com o Alvim e foi a loucura. Nós apaixonamo-nos por ele no primeiro momento, porque ele, como podem ver, tem uma energia incrível”. E tinha, de facto. 

Claro que, num apartamento pequeno, existem animais e raças que não são as mais apropriadas. Andreia teve esse fator em consideração: “Pensámos sempre que teria de ser um pequenino. Daí a escolha do Yorkshire Terrier, que é uma raça de que sempre gostei”.

A blogger reforçou várias vezes o quão importante foi para ela informar-se sobre a raça de Alvim para saber como o educar e como evitar grandes danos (RIP cabos do telemóvel de todos os donos de cães por aí). E a sua estratégia foi simples, mas eficaz: “Reservei um espacinho onde ele ficava com as coisas dele, sem hipótese de estragar nada”. Os danos não foram assim tão significativos, “apenas um par de chinelos, de havaianas”, conta

Além do cuidado prévio com a raça e tipo de animal, é muito importante que os donos se mantenham atentos a mudanças comportamentais. O seu cão tinha tido recentemente um problema de saúde e, se não fosse a atenção dos seus donos ao seu comportamento irregular, e o facto de o terem levado de imediato ao veterinário, talvez o desfecho não tivesse sido tão positivo.

A moral desta história é esta: existem pessoas que desenvolvem desde cedo relações com animais, há pessoas que desenvolvem tarde e há ainda pessoas que nunca o fazem. O que é importante é que as pessoas se responsabilizem pelos animais que decidem adoptar e tornar parte da sua família.

São inúmeros os casos de abandono, maus-tratos e negligência a animais. A verdade é que são evitáveis. A Royal Canin juntou-se à Associação Portuguesa de Médicos Veterinários Especialistas em Animais de Companhia (APMVEAC) para criar um vídeo que pretende demonstrar a magia que pode ser uma relação entre um animal e o seu dono. E desta magia decorre a preocupação que o dono deve ter pelo seu animal. Uma forma de amenizar esta preocupação é fazer visitas periódicas ao veterinário, de modo a garantir que está tudo bem com a sua saúde.

Conheça melhor a história da Andreia e do Alvim.

Este artigo foi escrito em parceria com a Royal Canin.
Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo